quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Amor ou Egoísmo?

O amor é considerado por muitos uma prática de difícil aceitação. Não é fácil e simples aceitar o outro, querer estar sempre com o outro. Há o perigo de se tornar num amor egoísta que destroí a essência própria do outro, da sua liberdade.
Isto não é amor. È sim, uma relação dependente.

Algumas pessoas acham que devemos pertencer a elas e elas a nós. A posse não faz parte do amor mas sim do egoísmo.

O amor na sua essência não se resume nem deve resumir a esta dependência. O amor deve ser sentido principalmente por nós próprios. Viver a vida, amá-la e ser-lhe fiel. Isso sim, é importante.

5 comentários:

  1. O sentimento de posse faz parte do amor, se amamos alguém queremos possuir essa pessoa, o problema é que a vontade de ter é confundida com controle. Todos nós gostamos de sentir que nos entregamos e pertencemos a alguém e termos alguém que se entrega a nós e nos pertence.

    Mas ter alguém, alguém pertencer-nos, não significa que a temos de prender e controlar, pois é aí que tudo é deitado a perder.

    Agora vou-me embora, pois a musica deste blogue, inspira a escrever e depois não me calo :)

    ResponderEliminar
  2. Crest :) Ainda bem então que coloquei esta música porque adoro o que escreves. Quanto mais melhor :)

    ResponderEliminar