sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Ah pois!

Venho por este meio, pedir desculpa às centenas de "leitores" (para não dizer milhares), que por aqui passam diáriamente (para não dizer, de hora em hora), pela falta dos meus belíssimos post's.
Não tenho tido tempo para nada...
Ainda ontem, saí do escritório à pressa e ia atropelando uma pessoa. Ora... Também não tenho a culpa! Um gajo de cor, vestido de preto, de noite... só via a passadeira! Porque é que quando numa situação destas eles não sorriem? Sim, deveriam abrir a boca ao atravessar a estrada. Assim de certeza que o via... Pelos dentes.

Portanto, a culpa não é minha.

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Encontro... Quase imediato

Ontem ao sair do escritório, tive um encontro quase imediato de 3º grau. Isto, porque tentei fazer uma boa acção ao dar prioridade de passagem a uma mulher.
O senão disto é que ela deveria parar para ver se vinha algum carro na faixa do meu lado... Como não o fez, PUMBA! mesmo à minha frente! O rapazito com que chocou, coitado, de carrinho novo, ficou irritadíssimo.

As prioridades para mim acabaram. Ainda fico com a culpa do acidente!

Eu... Como boa samaritana que sou, fiz pisca para a esquerda e lá fui à minha vida! Ainda vi pelo espelho se vinham a correr atrás de mim para me espancarem...

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Imaginação... Emprestas?

Numa altura "morta", talvez de 1 segundo, fui fazer uma pesquisa na net. " precisa-se de imaginação", foi o que queria encontrar.

Qual o meu espanto ao ir parar ao meu blogue! Porque será...?

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Anedotazinha :)

Um jovem e fogoso médico abriu consultório numa pequena aldeia alentejana, onde só havia velhos.
No primeiro dia, começou por atender o Ti Augusto e aproveitou p'ra perguntar:

- Então Ti Augusto, aqui na terra não há meninas???

- Aqui na há nada! Só se for às Sêxtas-Fêras com a Égua ! - respondeu o Ti Augusto.

Passado algum tempo, já o Médico andava a ganir de desejo, quando o Ti Augusto voltou à consulta:

- Então homem, hoje é sexta-feira, como é que é isso da Égua?

- Sendo 3 da tardi, o sôdoutori venha ter comigo à bêra do riacho.

Quando lá chegou, encontrou uma fila enorme de homens, mas ele como era médico, toda gente o deixou passar à frente.
Quando viu a Égua, o médico esqueceu os preconceitos e, libertando o desejo reprimido, baixou as calças e montou-se no animal.

Ao fim de alguns minutos de relação, o Ti Augusto chega-se ao pé do Médico e diz :

- Sô doutori, ê na queria interrompêri, mas na canse a bichinha, porque ela é que nos vai levari p'ro outro lado do riacho, onde estão as gaijas!!!!!

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Sexo Envelhece, Cuidado!

Li no "Portugal Diário" na secção das coisas estúpidas esta estúpida "notícia":

"Aos 105 anos, a secretária reformada, Clara Meadmore orgulha-se de ainda ter cabelo ( Desconhecia que faça cair o cabelo...) e de não precisar de dentadura.(E os dentes) Nascida em Glasgow, na Escócia, no início do século XX, ela acredita que o segredo da vida longa é nunca ter feito sexo. «Sexo envelhece», acredita. ( Que parvoíce mais parva!)

«Tive várias amizades platónicas, mas nunca senti a vontade de ir mais longe, ou mesmo de casar», afirma Clara, que já viveu no Canadá e na Nova Zelândia, e há 40 anos que mora na Cornualha, região do sudoeste da Inglaterra, explica a Globo.

Nunca teve televisão mas sempre foi «apaixonada» pela rádio

Para ela, o sexo sempre foi algo «complicado», que lhe atrapalharia vida. «Eu estava sempre ocupada a fazer outras coisas e nunca tive tempo de pensar em sexo», explica. (que outras coisas... Ouvir radio?)

«Quando eu era criança, só era possível fazer sexo com o marido. E eu nunca me casei. Cresci numa era na qual as crianças, principalmente do sexo feminino, não eram vistas nem ouvidas pela sociedade, por isso tive que aprender por mim mesma a defender-me e a sustentar-me», diz a ex-secretária, numa entrevista ao diário britânico Telegraph.

Além de nunca ter tido relações sexuais, Clara conta que também nunca teve uma televisão, mas sempre foi «apaixonada» pela rádio.(Ela não sabe é como se faz...)"

Só me resta resumir que esta senhora levou uma vida de merda até agora. Mas ela que não experimente agora porque no caso dela acho que não a envelhece mas sim mata! Mas pelo menos morria alegre. Um sorriso estampado,decerto bloqueava no rosto dela.

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

As mulheres são mázinhas...

Estava eu na fila da caixa de uma loja. Era a segunda pois estava um homem (rapazito...) à minha frente que por acaso não lhe vi a cara porque estava de costas, mas... Vi-lhe outros atributos;)
Mas não era disto que queria falar. Atrás de mim chegaram duas mulheres que logo após 3 segundos já estavam desesperadas e cheias de stress de estar à espera.
Oiço uma:

- Ou o gajo leva a loja toda ou a rapariga é atrasada.- Referindo-se à rapariga da caixa.

- Eu acho que é mais a gaja!- Disse a outra.

- Só pode... Olha só para a base que ela tem na cara! Não tem nada a ver!

-Ahahahah!- Largam uma gargalhada mista.

E eu ali já com pena da rapariga que estava a ouvir tudo. Até um surdo ouviria. Realmente as mulheres são mázinhas umas para as outras... Era o meu pensamento no momento.
Se fosse um homem nem repararia se a base da rapariga era a indicada ou não, por mais que ele percebesse das técnicas das bases. Jamais pensava ou diria:

- Ai, essa base não é indicada para o seu tom de pele.-

Cá para mim acho que pensava ou diria mais:

- Ui... Que belo par de mamas... - E ficava ali entretido nos seus pensamentos.

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Bébé Gay

Um casal de gays teve um filho (Como... Não faço ideia)
Após o parto foram vê-lo ao berçário onde todos os bebés choravam menos um.

Um dos gays, babado, diz à enfermeira:"Ai, não me diga que é o meu?"

"Sim", diz a enfermeira, "mas escusa de ficar tão contente porque se lhe tirar a chupeta do cu, chora como os outros!..."

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Dia do Sorriso :)

Hoje é o dia do Sorriso :)

Um dia que deveria ser todos os dias. Mas infelizmente há muitas pessoas que não sabem sorrir. Limitam-se a esticar os músculos do rosto para tentar aproximadamente fazer sair um sorriso.Um gesto frio desprovido de qualquer tipo de sentimento. Sorrir é bem mais do que isso. Não é necessário soltar uma estridente gargalhada com um sorriso rasgado de orelha a orelha, não.
Um sorriso simples, um sorriso sincero, é aquele sereno. È aquele sorriso que não se vê só na boca mas nos olhos. È quando os olhos também sorriem. Um sorriso completo, em que se transmite o sentimento contido.


È tão bom sorrir... E ver sorrir :)

Principalmente este sorriso do George Clooney... ;)



quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Unhaça comprida

Se há coisas que me fazem impressão mas ao mesmo tempo provocam-me a comichão da curiosidade, é a da unhaça do dedo mindinho comprida.
Por acaso já não se vê muito disso, mas já vi homens que usam a unha desse dedo compridona. Isso provoca-me uma certa curiosidade... Não perco horas de sono nem tempo para pensar nisso, mas já perdi pelo menos um segundo.
Será que unhaça é para coçar o ouvido e daí o seu comprimento, que aproveitando o facto de ter forma arredondada, aproveitam para de lá, retirar cera suficiente para fazer uma vela. Daquelas aromáticas!
Tempos de crise à que poupar... Ou será para coçar algo mais?

Alguém sabe-me dizer para que serve a unhaça?

Smiles

E como não resisto a smilezitos, pois como gosto dos reais também gosto dos bonequitos :)
E através do Vício, já tenho mais alguns que se podem usar nos comentários.

È só comentar e sorrir :)